Macabéa me entenderia

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 |

“Macabéa entendeu uma coisa: Glória era um estardalhaço de existir. E tudo devia ser porque Glória era gorda. A gordura sempre fora o ideal secreto de Macabéa, pois em Maceió ouvira um rapaz dizer para uma gorda que passava na rua: ‘a tua gordura é formosura!’”.


Desculpe-me a fotografia, o cinema, as artes plásticas, a dança e o teatro, mas a literatura me tira o fôlego. Descobri em Clarice um refúgio. Em Macabéa  uma irmã. Tão insignificante, idiota e fascinante. Limpando o catarro na barra da combinação.

“Você sabe se a gente pode comprar um buraco?”. Sim pode, quando a gente morre tem que pagar por um, e caro. “Mulher de deputado é deputada também?”. Na teoria não, mas na prática sim, peruas ricas que gastam dinheiro público e aparecem em revistas. "Eu gosto tanto de parafuso e prego...". Eu prefiro os pregos, parafusos são muito complicados.

Como era bom conversar com Macabéa. De uma sabedoria de asno. De uma burrice acadêmica. Ela sempre questionando o mundo ao redor. Acordava mais cedo aos domingos para ficar mais tempo sem ter o que fazer. É uma pena que tenha morrido tão cedo e de forma tão brutal. Tão sábia que morre a se perguntar: ''E quanto ao futuro?''. O futuro, querida Macabéa, sabe de si

2 comentários:

Aline disse...

Michel, um dia usei a frase em destaque para dar início a um post também. Macabéa me causou sensações parecidas com as suas. Ainda hoje, niver de Cecília, pretendemos ver a exposição Clarice Lispector lá no CCBB. Gostei demais do texto! beijo

anareis disse...

Querida(o) amiga(o). Estou fazendo uma Campanha de doações pra ajudar os jovens rapazes que estão internados no Centro de Recuperação de Dependentes Químicos onde meu filho está interno também.Lá tem jovens que chegam só com a roupa do corpo,abandonados pela família. Eles precisam de tudo:roupas masculinas,calçados,sabonetes,toalhas,pasta de dentes,escovas de dentes,de um freezer, Roupas de cama,alimentos. O centro de recuperação sobrevive de doações,são mais de 300 homens internos.Eles merecem uma chance. Quem puder me ajudar pode doar qualquer quantia no Banco do Brasil agência 1257-2 Conta 32882-0